UMA LIÇÃO DE AMOR

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Refletindo...

Olá!

A quem interessar possa ,estou aqui, na casa de meus pais, passando alguns dias após a noite de Natal.

Como em todos os momentos em familia, tivemos momentos de alegria, de oração, de brincadeiras, de emoção e de reflexão.Eu, particularmente, vivo em um mundo de reflexões, gosto de observar as pessoas e suas maneiras tambem de ver a vida.Isso ajuda a pesar a vida em uma balança de experiencias...

Então...o Natal já passou!Mais uma vez, tive a certeza de que a felicidade não vem em sacolas, nem em caixas, nem em fitas!A felicidade está dentro de cada um, dentro de uma casa, na reuniao de família, nos abraços recebidos por cartoes de natal, emails, mensagens.Mesmo quando algumas decepções fazem parte de uma família, mesmo quando alguns arranhões acontecem..ainda assim, a felicidade deve estar presente.Percebo o quanto sou feliz.Percebo a benção de ter meus pais vivos .Há de chegar o dia, em que eles já não estarão comigo, porém, a saudade será doce, será uma saudade com gostinho de casa de pai e mãe.E assim, nossos natais serão naturalmente diferentes( fisicamente) ...já não estaremos mais na casa do vovô e da vovó, provavelmente, estaremos cada um com sua familia..eu, meus filhos,( futuramente meus netos) , e assim sucessivamente, até o dia em que eu também já não farei mais parte (fisicamente) dos natais de meus filhos e de minha descendência.Porém, ainda assim, o Natal será feliz.Será a lembrança doce de cada um de nós que passamos pela vida das pessoas.

Existe uma frase que traduz lindamente o sentimento que tenho nesse momento.

"AQUELES QUE PASSAM POR NÓS,

NÃO VÃO SÓS,

DEIXAM UM POUCO DE SI,

LEVAM UM POUCO DE NÓS".

Isso é lindo demais.Isso chama-se vida!

Agora, o cheirinho de comidinhas gostosas cede espaço ao movimento acelerado para o último dia do ano.As pessoas entram em um ritmo diferente, guardam em algum lugar a paz de celebrar Jesus e partem para o ritmo alucinante de festas, embalos, enfim, sentimentos opostos ao do Natal.Os abraços serão mais apressados, afinal, a festa é do homem, poucos continuam com aquele sentimento de reflexão...e poucos agradecem a vida ao dono do tempo..
Acho lindo, maravilhoso o pipocar dos fogos, a beleza indescritível das cores no céu do mundo inteiro,e, fico maravilhada em sentir que um unico céu...cobre a humanidade...a mesma emoção sentida aqui, em um pedaço de céu, é sentida ali..na China, no Marrocos, na Africa...mas, ao mesmo tempo sinto uma pontinha de lamento, ao sentir que o tempo não é pensado por todas as pessoas...acredito que se o mundo aprendesse a "pensar" o tempo, seríamos mais felizes, menos egoístas, menos preconceituosos, e mais amigos de nós mesmos.Seríamos mesmo a imagem de Deus e teríamos um mundo com um lindo jardim de emoções.
Ano Novo, prá mim, é estar conectada com Deus.è estar atenta aos Seus sussurros e mensagens.Ano Novo é olhar o relógio como uma benção sobre nós.È estar em paz, agradecendo por cada segundo da minha vida que passou...e que ainda passará.
Meu Ano Novo é maravilhoso, passo com meu melhor amigo, com quem me permite viver, com quem me ama com todos os meus defeitos, com quem não me julga, com quem me concede a chance de sempre recomeçar, com quem sempre, incansavelmete me diz..."Acredito em voce",Ano Novo só existe com Deus.Vida nova, só é possível com Deus.
Eu desejo a cada um dos moradores deste mundo, paz!Paz em suas mentes, em seus corações, em suas almas, em suas familias, em suas casas!
Desejo também, que conheçam o dono do tempo!E que dêem um tempo ao tempo...
Feliz Ano Novo!
Abraços e abraços!!Tim -Tim!


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Máximas do Enrique....

Tenho um filho...o mais novo, aquele que vem depois de anos, lindamente embrulhado com laços coloridos e uma plaquinha dizendo..."inteligencia"!
Pois bem, o Enrique, ou, Ike, como o chamamos carinhosamente, adora conversar,e, como é criado em um ambiente onde nao existem mais crianças, nossas conversas geralmente são conversas mais maduras...respeitando, é claro, os limites de sua idade.Porém, a escolha do assunto, sempre parte dele.
Ontem, já deitados, ele começou a falar...
"mae..os bebezinhos, la dentro da barriga ,eles nao engolem a água?"...e assim seguíamos nosso bate papo...deitados na cama, luzes apagadas...
daí..ele tem como explicação que, os bebes vêm quando os papais oram a Deus, pedindo um bebezinho..e aí eu digo que eu pedi que ele, o Ike viesse com cabelinhos enroladinhos...pele moreninha..enfim...aproveito e destaco todas as caracteristicas físicas que ele tem..para que nunca sinta-se menosprezado nesta vida...afinal, é filho de pai negro e mae branca.Então, digo com muita alegria, o quanto ele é lindo e deve sentir orgulho de sua cor.
Bem...lá pelas tantas..ele diz assim:
então...voce orou...Deus mandou eu né?" "Uma sementinha "...e eu disse "isso mesmo filho"!Voce veio extamente como eu e o papai pedimos!Daí ele segue dizendo...com aquela vozinha mais amada deste mundo...e com a inocencia tao maravilhosa que todas as crianças tem e que infelizmente a vida leva...
"ahhhhhhhhhhhh...e..ô mae...e eles ,(os bebes na barriga) a gente não precisa por terra?Regar..."
Gente..por essas e outras que seu sempre digo..
filhos..crianças!Não fossem eles existirem..o que seria de nós?Seres tão preocupados com o saber..com a lógica..com a razão...
È meu filho amado..continue sempre assim..poeta de seus pensamentos..
Voce é lindo!E eu a mãe mais feliz deste mundo porque tive tres filhos lindos!

sábado, 13 de novembro de 2010

De Volta!


"Ando devagar,porque já tive pressa"...

(Almir Satter)


Pessoas queridas que passeiam por aqui..ou,

que "passearam " por aqui...

Depois de muito tempo, estou aqui!!!

Aqui,

aqui,

e com voces!

Nesses dias todos ausentes,

estive reavaliando as minhas prioridades...

entendi que nem tudo o que é importante,

é prioritário!Assim, consegui "faxinar" minha vida,

minha casa, meus dias, e, consegui organizar muitas coisas...

O mundo anda de verde e vermelho...afinal, já estamos chegando em Dezembro...Natal!

Amo Natal, mas, amo mais, pessoas!

Então, como o verde e vermelho chegam a cansar as vistas, deixo aqui, uma linda e singela homenagem a cada um de voces!

Saudades de tanta gente!

Beijos.

Carla.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010


Estou sumida... mas não posso deixar de dar uma explicação a voces... Muita correria..muitos projetos..novas perspectivas de trabalho! Logo, logo, venho aqui contar tudinho. Beijos e saudades.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sonda-me...

Senhor, só o Senhor conhece o meu coração!
Sonda, Senhor,
o meu coração!
Ontem, pela manha, no culto,
ouvi esta musica..
quero dividir com voces, a alegria e a profundidade desta letra..
me toca muito!
Ouçam...
tentei colar o link pra voces,
mas nao consegui.
Busquem no You tube.
"Sonda-me,Usa-me"!
Aline Barros.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A Lua.


Ontem, eu vi a Lua...
estava tão pertinho que até quis tocá-la!
Ontem, a Lua estava aqui.. em meu céu, bem a minha frente! Lua.. tão redondinha, tão linda, até vermelha estava! Eu vi a Lua! Lua, luar.. admirar, sonhar, suspirar, poetisar...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Bom dia!

O sol brilhou, novamente, aqui em Curitiba!
Fico feliz pela alegria que o sol trás...
Bom dia a todos, bom dia vida,
bom dia alegria,
amigos,
voces!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010


Preciso de um braço! Um braço que segure meus braços! Preciso de dois braços... braços que suportem meu cansaço... Preciso de um ombro! Ombro que aceite meu pedido de carinho! Preciso de um colo colo que me proteja do medo de nao conseguir... do medo de desistir.... do medo de perder a esperança! Preciso dividir o peso, repartir as cargas, aliviar o fardo... ando cansada... e tem horas que só mesmo a fé em Deus, é que me mantém sorrindo! Mas.. apesar de todos os pesares.. ainda estou de pé! e, como diz minha mãe... "a melhor posição diante de uma batalha...é de joelhos"!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

De volta!


Queridos e queridas ,

estive ausente por algum tempo ,

mas,

"Im Back"!

Curitiba tem desafiado todos os cobertores do mundo!

Tá demais...um abuso a minha tolerancia ao frio...

e, nesse contexto todo...

continuo sonhando em cobrir as pessoas que dormem nas ruas...

eu chegarei lá!

Torçam por mim,

e, principalmente por queles que estao morrendo..nas ruas...

de frio!

Beijos!

sábado, 7 de agosto de 2010

Minha mãe!

Mãe...
Vinte e sete anos nos separam...
Hoje, já consigo entender a palavra "tempo"...
já faz tempo, mãe, que aprendi a te ver como mãe,
mulher,amiga, única!
E assim, minha mãe,hoje, olhando o tempo,
dialogando com ele,
brigando, até,
consegui sentir a palavra MÃE!
Consegui sentir suas mãos acariciando meu rosto,
me dando beijinho de boa noite,
e dizendo.."mamãe tá aqui"...
lembro tanto das noites de trovoadas quando voce chegava e me protegia...
e,todo aquele medo fugia em disparada nas asas de um dragão que no fundo no fundo,
era tão bonzinho!
Então mãe..hoje te vejo chegar aos setenta anos!
Que alegria e quanta vitória ter minha mãe comemorando esta idade.
Sabemos do desafio que é viver e permanecer vivo!
Mas, sabemos também o quanto Deus nos permitiu chegar até aqui...
Mãezinha, é tão simples dizer que te amo,
mas, ainda não inventaram outra palavra maior que essa..amor!
Feliz..feliz...e feliz!
è assim que quero te ver minha linda mãe!
Feliz Aniversário...hoje,
amanha, e sempre!
Tua filha,
Carla, e, seus netos,
Fernanda, Rafael e Enrique.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Que mundo maravilhoso!

Quando ouço aquela musica de Louis Armstrong, fico feliz!
Tenho uma sensação tão gostosa de alegria!
Fico feliz sim, afinal, existem pessoas assim!
Gente que olha para o céu,
gente que vê além do dia a dia..
Hoje, só quero falar de alegria!
ouçam a musica "What a Wonderful World"!
Respirem fundo..
e apreciem a beleza de nossa vida!
Alguém já disse:
"Problemas todos nós temos,
ser derrotado ou não por eles,
é uma decisão nossa"!
Assim, termino agora!
Um beijo,
um abração de urso,
e , seja feliz!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Aos poucos...

Aos poucos, vou digerindo,
os alimentos que a vida dá!
Vou entendendo que caminhos são escolhas,
que pessoas são frágeis,
que o tempo,
um amigo...
com o tempo, aprendi um pouco da crueldade dos anos,
da maravilha do aprendizado,
da gratidão a sabedoria!
aos poucos...
lentamente...
entendi a dor,
mas nunca,
o amor!
Tempo...
lentidão,
vida...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Pequeno...


Doce pequeno...

Sinto saudades de voce!

Saudades de seu sorriso,

de suas maozinhas fazendo carinho em meu rosto!

Doce menino,

filho meu!

Tá na hora de voltar prá casa!

Vinte dias, já foram muito,

para um coração acostumado a te ver todos os dias!

Filhote da minha barriga!

Amanhã, voce já volta!

As férias com o papai já terminaram!

Volte, meu passarinho,

volte logo, que mamãe ta com vontade

de te colocar novamente...

debaixo das minhas asas...

Amo voce!

Muita saudades,Mamãe!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Alegrias...


Que bom é sorrir!

Sorrir,

sorrir,

e sorrir!

Que alegria conhecer pessoas!

Ouvir suas historias,

compartilhar experiências...

emocionar-se com elas...

Quão grata sou!

a Deus!

Por me fazer assim tão

amiga de todos,

preocupada com o bem estar de cada um..

com suas dores,

vida..

que linda voce é!

domingo, 25 de julho de 2010

Dia do Escritor!


Parabéns a todos os meus amigos e amigas Escritores!

Quer sejamos conhecidos ou não,

quer sejamos lidos ou não...

quem se importa?

Temos a dança em nossas mãos,

podemos ter o Norte e o Sul,

num mesmo lugar,

fazemos caber o oceano numa folha inteira....

conseguimos transformar choro, em alegria,

dores em poesias!

Escritores...

salvemos o mundo com palavras doces,

sejamos ouvidos, através do silencio!

Avante, nós!

Marchemos sem pisar nos jardins

da poesia!

Feliz seu dia, meu dia,

nosso dia!

Beijos!

Carla!

Para minha tia...DORA!


"De tudo ficam 3 coisas...

A certeza de que estamos sempre começando...

A certeza de que devemos continuar...

A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar...

Portanto, devemos fazer da interrupção um caminho novo,

Da queda, um passo de dança,

Do medo, uma escada,

Do sonho, uma ponte,

Da procura, um encontro!"


Fernando Sabino




Senhor,meu amigo Deus!

Não me deixe, nunca...

deixar de me importar com as pessoas que se sentem sozinhas...

Não me deixe, Senhor,

nunca!

Deixar de pausar meu atribulado dia...

e ir até as pessoas que carecem de um olhar,

necessitam de um colo,

de um abraço apertado,

de um simples silêncio,

para que se sintam ouvidas!

Não Senhor...

não me deixe nunca!

Sei que no final das contas...

apesar de todas as lições de casa cumpridas...

ainda assim, Deus,

Restariam tantas outras coisas que eu gostaria de realizar...

mas,

a vida..

ahhhhhhhhh...vida!!!

Não pertences a mim...

eu é que te pertenço!

Tia querida...

mais que um estádio de futebol lotado...

numa final de Copa do Mundo

entre Brasil e Argentina...

mais que isso,

estamos todos aqui...

torcendo,

vibrando, e

cantando

que amamos voce!!!

Com carinho,

Carla!

sábado, 24 de julho de 2010

Nao sei...


Existe um ponto!

Ele indaga,

questiona,

argumenta,

e, permanece...

Eis o ponto!

Ele se curva...

se endireita e se impõe!

Ponto...

"Interrogante" seria uma nova palavra...

bem de acordo com este momento!

Voce aí..

e eu aqui!

Perguntas...

sem respostas!

Arrogâncias a parte..

voce é importante demais!

Ponto...

eu..

nós,

perguntas de nós!

E agora?


Quanta gente linda neste mundo...

Quanta gente linda neste mundo...
Obrigada!!
Obrigada e obrigada!!
A cada um que chegou..puxou uma cadeira..e começou a ler minha alma!
Voces são lindos!São como eu..pessoas de bem, fazendo o bem, torcendo e tentando fazer desta vida um lugar melhor!!!
Obrigada por me fazerem feliz!!
Contiuem por aqui...chamem mais amigos,
o café dá para todos!!

Assim como o movimento dos planetas...


Assim como o movimento dos planetas...

ouço o silencio entre nós!

Assim como movimento das folhas...

ouço as palavras guardadas!

Assim como a profundidade dos mares...

Sinto o calor do teu abraço!

Assim como a promessa de uma manhã...

Adormeço com minha esperança!

Assim como as palavras se entrelaçam...

vou tecendo linda história!

Assim como a poesia faz pensar...

Vou vivendo apaixonada!

Assim como um passarinho na gaiola...

Vou cantando por liberdade!

Assim como as aguas produzem calor...

Vou deixando que as lágrimas ensinem!

Assim como hoje repenso o amanha...

vou apenas aprendendo com o ontem!

Assim como é..

simples assim!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Hoje em em meu trabalho...


Hoje em em meu trabalho...

recebemos um menino...

um menino, de apenas 8 anos de idade!

Este menino , é brasileiro!

È cidadão!Tem um nome, um sobrenome...

porém, não conhece a estrutura que conhecemos,

chamada:"família"!

Chegou o menino...

duas Assistentes Sociais o seguravam,afinal...o menino queria as ruas!

Quando então a porta se abre, os urros começaram!

As lágrimas escorriam e pude sentir seu medo!

A cada grito, cuspidas e chutes...eu o via como um bichinho amedrontado...

Cheguei perto dele e, mesmo tendo recebido uma cuspida, sorri, com amor de mãe, e, disse a ele:

"tá tudo bem...voce vai ficar bem, e eu gosto muito de voce".

Uma criança...um abandonado, cuja mãe o fazia de "mula" (pessoas que vendem drogas para levarem o dinheiro pra casa)...

Mas, o mais triste de tudo isso!

Viciado em crack, com APENAS...

8 anos de vida!

Casos assim, fazem parte de Instituições, de Comunidades Terapeuticas que trabalham no resgate de vidas!Que trabalham, que choram que oram e que vibram por cada vida restaurada...

Este é o meu trabalho, e, deveria ser o trabalho de cada um de nós...afinal, somos seres dotados de alma...de coração e de bom senso!

Como Captadora de Recursos, gostaria muito que a cada ofício enviado, que a cada telefonema efetuado, eu pudesse ao menos ouvir um"lamento...nao posso ajudar" mas, o que escuto inumeras, inumeras e inumeras vezes é:"nao ajudo, nao faço doaçoes"..

Puxa!!!Que incrível!

Como alguém consegue ser indiferente a uma realidade como essa que estamos vivendo?Como pode alguém, não se sensibilizar e sair juntando seus pedaços ao ver e ouvir os gritos de crianças, jovens e adultos em crise pela abstinência da droga do CRACK?

Deus!!Quisera eu..levar a cada ser para que presenciasse apenas uma vez...o que vejo todos os dias...

seres como eu, como ´voce, como nós, gritando por SOCORRO!

Quem sabe..num futuro ainda próximo, eu consiga erguer a bandeira de uma profissão que muito me orgulha e dizer!

Olá!Faço a Captação de Recursos e gostaria apenas de sua doação...

"de amor".

Mas, precisamos de colchoes, de areia, de azulejos, de uma pia nova para nossa cozinha, de panos de prato, de materiais de higiene pessoal..etc , etc, etc...

Eternamente..ETC...

Desabafo em Julho 2010!

"

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Sou o vento!


Sou o vento!

Sei por onde passo,

mas nem sempre sei pra onde vou...

sou o vento...

as vezes me transformo em ventania,

noutras,

furacões...

sou o vento!

Estarei sempre correndo pelos campos,

passeando de maos dadas com a vida!

Colhendo o amor...

e profetizando alegria...

sempre,

sempre e sempre!!!!

domingo, 11 de julho de 2010

Qualidade de vida


quinta-feira, 8 de julho de 2010

Li algo muito bonito...


Li algo muito bonito...


"DÊ VALOR ÁS PEQUENAS COISAS...

UM DIA, O TEMPO IRÁ MOSTRAR

QUE ELAS ERAM GRANDES"!..


Achei lindo!

Beijinhos,

Carla.

sábado, 3 de julho de 2010

Ipês sussuram que já é hora!


Ipês sussuram que já é hora!

Ipês me dizem o quanto é tempo!

Tempo de olhar as flores,

sentir e admirar

o quao belo é!

Ahh!

Vida sem beleza...

para aqueles que nao enxergam as flores,

os pássaros...

as folhas pelo caminho tem muito a nos dizer.

Vento,

vento

ventania....

onde voce se esconde??

Quisera eu descobrir seu lar!

Como pode?

Alguem passar pela vida

sem andar de mãos dadas com o vento..

sem deitar numa grama,

sem cheirar o ar??

Vidaa!!!

Eu amo a vida!

sexta-feira, 2 de julho de 2010



Que consigamos fazer isso sempre, em todos os terromotos, furacões, tempestades e fracassos eventuais de nossa vidas.



TERREMOTOS Dizem que passado o terremoto de Lisboa (1755), o Rei perguntou ao General o que se havia de fazer. Ele respondeu ao Rei: 'Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos'. Essa resposta simples, franca e direta tem muito a nos ensinar. Muitas vezes temos em nossa vida 'terremotos' avassaladores, o que fazer? Exatamente o que disse o General: 'Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos'. E o que isso quer dizer para a nossa vida? Sepultar os mortos significa que não adianta ficar reclamando e chorando o passado. É preciso 'sepultar' o passado. Colocá-lo debaixo da terra. Isso significa 'esquecer' o passado. Enterrar os mortos. Cuidar dos vivos significa que, depois de enterrar o passado, em seguida temos que cuidar do presente. Cuidar do que ficou vivo. Cuidar do que sobrou. Cuidar do que realmente existe. Fazer o que tiver que ser feito para salvar o que restou do terremoto. Fechar os portos significa não deixar as 'portas' abertas para que novos problemas possam surgir ou 'vir de fora' enquanto estamos cuidando e salvando o que restou do terremoto de nossa vida. Significa concentrar-se na reconstrução, no novo. É assim que a história nos ensina. Por isso a história é 'a mestra da vida'. Portanto, quando você enfrentar um terremoto, não se esqueça: enterre os mortos, cuide dos vivos e feche os portos.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Foi concebida!
Assim aconteceu...
uma fusão de um abecedário inteirinho...
um lacre para que as letras não se soltassem,
mas,
em vão!
As letras saíam...
uma a uma...fundiam-se uma a uma,
formavam palavras...
imensas,
curtas,
emendavam-se apaixonadamente
e, desfilavam sob humildes paginas em branco...
dormiam em gavetas, umas sobre as outras.
Certo dia,
a poeira voou,
as letras acordaram e,
o palco estava montado!
A dança começava...
sapateados sob vírgulas,
travessões esbravejavam, afinal,
não estavam mais na pauta!
Reticencias se aglomeravam,numa euforia sem fim...
Exclamações, interrogações,
todos queriam espaço.
Luzes, camera, ação!
Lá estavam elas...
letras,unidas por uma louca e irresistível vontade de falar.
De repente...
simplesmente...
um estrondo!
Era o trema furioso!
Debates a parte, lá estavam todos!
Palavras e palavras,
balbúrdia de Babel!
Enfim...sobe ao palco,
Dona Gramática!
Cansada,porém, austera!
E num discurso breve,
deixa cair, inadvertidamente,
seus óculos...
uma lágrima escorre,
então...
cordialmente,
um senhor se aproxima...
envolve Dona Gramática,e,
sob convulsivos aplausos,
Sr.Travessão se despede...
Luzes se apagam,
letras se calam
e o lacre enfim, vibra!
Assim, tristemente,
Dona Gramática se vai...
e nós...
expectadores letrados,
jazemos no mar de interrogações e buscamos soluções para tantas indagações...
Por favor...
muita calma nessas horas!

terça-feira, 29 de junho de 2010

BOM DIAAAAAAAAAAAA!!!!
ACORDEI, ME ESPREGUICEI...TENHO VIDA!
O SOPRO DE DEUS EM MINHAS NARINAS!
FÔLEGO DE VIDA, EM MIM!
OBRIGADA , SENHOR!

segunda-feira, 28 de junho de 2010


Como desenhar em uma vidraça...

assim é!

leio seus olhos,

acaricio seu rosto...

mas, de repente..

tudo se vai!

Como o vapor..

assim acontece!

Voce vem,

fica um pouco,

mas...

desaparece!

Que desenho lindo fiz de voce!

Que perfeito é o amor!

Ah...

quantas vezes desenhei o amor..

letras sem fim..

mas...

como um vapor...

quando começo a te ver...

tudo se vai...

some assim...

linda e lentamente....

despedida de nós!

Despedida que não dói...

me faz querer mais!

Então..

aqui estou!

Começo ...

novamente..

voce!

Contornos,

esboços,

fumaças de nós dois!

domingo, 6 de junho de 2010








Gralha-azul: lenda ou fato?

Uma das coisas bacanas da vida está no fato do homem poder aprender e adquirir conhecimento ao longo de sua existência. Ao ler o texto a seguir, você poderá descobrir qual é a origem do nome da cidade de
Curitiba e qual a sua relação com uma ave da região conhecida como Gralha-azul.
O nome curi tiba foi dado pelos indígenas que habitavam a região, devido à grande quantidade de pinheiros que lá existia.

A palavra curi vem do tupi e é a denominação dada ao pinheiro-do-paraná ou
Araucaria angustifolia, cujo habitat natural são as florestas e campos do sul do Brasil e a Austrália. São árvores de grande porte, de folhas pequenas, pontiagudas e duras. Sua madeira de cor branca é muito resistente e valorizada comercialmente.

Apresentam suas flores com sexos separados em árvores diferentes. Suas sementes são conhecidas como
pinhões, que somente são produzidas pela árvore do sexo feminino. Os pinhões são reunidos e encaixados perfeitamente em grandes bolas que recebem o nome de pinhas.

Já a palavra tiba também vem do tupi e significa abundância ou lugar onde se encontram reunidas muitas pessoas ou coisas.

Daí o nome CURI TIBA: "lugar onde se encontravam muitas araucárias".


Devido à qualidade excepcional da madeira da araucária, esta espécie foi largamente explorada por madeireiros inescrupulosos.
Felizmente o Paraná foi um dos primeiros Estados a ter
lei própria sobre as florestas. Trata-se da Lei n° 11.054, de 14 de janeiro de 1995, disponível em http://www.pr.gov.br/iap/
Quando se trata mais especificamente da preservação da Araucaria angustifolia, a Resolução SEMA no. 031 de 24 de agosto de 1998, Art. 274 e 275 deixa claro que deverão ser mantidos, a título de porta-sementes e de material genético, o mínimo de dez indivíduos em média por hectare nas áreas remanescentes de exploração. Da mesma forma, os requerimentos de Autorização para Corte Isolado de Árvores Nativas, exige a reposição de 10 (dez) mudas por árvore abatida, preferencialmente da mesma espécie ou, obrigatoriamente, de espécies ameaçadas de extinção.
As araucárias não eram encontradas apenas em Curitiba e região metropolitana: São José dos Pinhais, Araucária e Pinhais. O Estado do Paraná, no século passado, era coberto por matas de araucárias, numa área total de 80 mil km2. Atualmente esta área esta reduzida a apenas 4% da cobertura original. No entanto, devido à proteção ambiental, estas florestas começam a ser novamente formadas.
Este reflorestamento, por incrível que pareça, não é feito apenas pelas mãos humanas, mas também por uma ave: a Gralha-azul!

A Gralha-azul (Cyanocorax caeruleus, da família dos Corvídeos) é uma ave de reluzente cor azul, com cabeça, peito e frente do pescoço negros, medindo cerca de 40 cm. A fronte tem penas arrepiadas e curtas. Gosta de viver nos pinheirais do sul do Brasil, embora não seja este seu hábitat exclusivo, pois pode ser encontrada também na Mata Atlântica e até em ilhas da baía de Paranaguá.

Esta é a ave símbolo do Estado do Paraná devido a um fato curioso que a relaciona com o plantio das araucárias.
Conta a
lenda que, uma dada gralha negra, recolhida num galho de pinheiro, foi acordada pelo som dos golpes de um machado. Assustada, voou para as nuvens, para não presenciar a cena de morte do pinheiro. Lá no céu, ouviu uma voz pedindo para que ela retornasse para os pinheirais, pois assim ela seria vestida de azul celeste e passaria a plantar pinheiros. A gralha aceitou a missão e foi totalmente coberta por penas azuis, exceto ao redor da cabeça, onde permaneceu o preto dos corvídeos. Retornou então aos pinheirais e passou a espalhar a semente da araucária, conforme o desejo divino.
Esta lenda na verdade é um fato real. A Gralha-azul tem o hábito (sábio) de enterrar pinhões. No vídeo anexo (
clique aqui para ver a Gralha-azul enterrando um pinhão) pode-se ver que ela segura o pinhão no bico de forma que a parte mais pontiaguda lhe permita introduzi-lo no solo mais facilmente. Encontrado o local correto, ela pressiona-o a entrar, conferindo-lhe golpes com o bico, até a completa introdução. Não contente com isso, ainda coloca algum material das redondezas (folha, pedra, galho) em cima do local remexido, de forma a camuflar ou disfarçar o feito realizado.

Que a humanidade possa aprender com a nossa Gralha-azul e entender que o equilíbrio e o respeito ecológico entre fauna e flora é fundamental para a existência do Homem na face da Terra!!!



http://www.cwb.matrix.com.br/sensus/gralha-azul.htm


(creditos deste texto)


sábado, 5 de junho de 2010

Quanto tempoo!!!
Estou de volta...
Hoje fui ao cinema, assisti ao filme
"Furia dos Titãs".Muito bom!Em 3 D.
Apesar de nao ser meu estilo preferido...
adorei, os efeitos, a mitologia...enfim!
O bem , e o mal!
Estava com saudades de postar!
Logo volto!
Beijos,
Carla.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Olá, Dilma!
Olá, Lula!
Meu nome é Carla!
Meu sobrenome, pouco importa, afinal..muitos sobrenomes foram silenciados através do tempo..sorte para uns...tristeza para outros....
Escrevo esta carta, com muita pressa!Pressa em poder gritar a plenos pulmões minha "gastura" frente as brincadeiras de mau gosto que voces tem realizado...neste palco por voces mesmo montado...onde, hironicamente, os palhaços,não são voces!Somos nós!
Escrevo ainda esta carta....morrendo de pressa!Pressa sim, pois, o Presidente de uma República assinou, também com "pressa"...sem ler o que se assinou, uma Lei onde, entre outras brincadeiras de voces, os invasores de terra serão os novos proprietarios de pedaços de terras adquiridos com "trabalho"....e devidamente tributados...aliássssss....muito bem "tributados"....assim, nesta brincadeira..as regras são essa"Aquele que invadir,passa a ser o novo dono, e, o que foi invadido...sai de sua posição de dono.não tem direito de questionar"..e..segue a brincadeira...
Outra de voces!Estão preocupadissimos em acabar com os símbolos religiosos...oras!!!Que linda essa lei!Vejam voces!O próprio Lula se diz devoto de tantas coisas...interessante isso!Agora, espero que tenham também o cuidado de mudar os nomes de todos os estados que por ventura façam alusão a qualquer tipo de religiosidade...ex.São Paulo,Santa Catarina...e por aí afora...
Depois, a lei assinada que trás de volta ao palco....a "censura"!
Olá..Dilma!Essa palavra voce conhece bem!E hoje, sente saudades de sua verdadeira identidade!
Proíbam sim, a liberdade de expressão!Censurem mesmo!Mas não esqueçam de rasgar nossa Constituição em pedaços...também não esqueçam de se auto censurarem,afinal..carne e osso sei que voces tem...o resto...fica mesmo no punho de cada um de voces...punhos cerrados...empunhando novamente uma Ditadura em um país que dorme..em berço esplendido...
Ola, Dilma,
Olá, Lula!
Ainda em tempo..antes que a censura me encontre..
não esqueçam que neste palco onde voces brincam alegres e como crianças..existem sim, os palhaços!Mas, existem também, muita "brava gente brasileira"
Olá Dilma.
Olá Lula!
Existe um gigante que ainda dorme,mas,
que dentro em breve,estará de pé!
Colocar-se á frente a frente ao palco da "alegria"e...nesta dia..senhores...
a brincadeira talvez mude denome!
Assim, termino minha carta, avançando mais uma casinha neste tabuleiro encardido...gasto...
onde o cheiro de podridão e as vozes de pessoas caladas ainda ecoam...na mente de quem tem acesso a informaçao..a cultura..ao sensoe ao poder de criticar...
Dilma..seu nome é bem conhecido...seu sobrenome tambem..
Lula...a historia de um país jamais será silenciada...
ainda que tapem a boca da "massa"....
ainda existem os bravos..
os mais inteligentes...
os verde e amarelos de coração,
de alma,
de raça e de valentia!
Pressa, minha gente!
Antes que seja tarde!
Eleiçoes para presidente do Brasil!
Favor solicitar o curriculum da Dilma...
uma dama!Uma ladie...
uma mulher ???
Dilma...
quanta vergonha!
Ainda posso me expressar!
Uffa!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010


Bastaria olhar!

Bastaria interpretar aquele silencio!

O som de dois coraçoes,

a imensidão de um pulsar...

coraçoes batendo...

olhos escrevendo...

historias se fundindo...

bastaria ser assim,

pra sempre assim!

como num tango,

onde as maos se tocam,

as pernas se encontram..

os passos se entrelaçam.

Bastaria que fosse prá sempre assim...

seus olhos olhando os meus

os meus..

mergulhando nos seus

e nossa historia...

invadindo o espaço

apenas um olhar...

bastaria...


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


Uma garrafa ao mar!

Atitude tão vista em filmes,

mas,

a minha não foi filmada...

sequer...

encontrada!

Uma garrafa,

um papel,

uma carta,

meu coraçao engarrafado!

Sentimentos a beira de um colapso,

desejos de femea...

femea faminta!

Minha garrafa ainda é minha,

não sei onde está,

nem sei se ainda existe..

Minha garrafa...

foi ao mar em 31 de dezembro de 2002.

Lancei aos mares da encantadora Bahia...

e..lá foi ela,

levando consigo meus suspiros,

meus desejos,

minha busca,

meus sonhos...

ah..garrafa!

que alegria seria,

receber noticias suas!

Quem poderia ter te encontrado?

ah...

navegue por aí...

que por aqui,

continuo navegando...

nos oceanos da esperança...

saudades de voce...

minha garrafa!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010


Gente, quando eu falo que meu filho Enrique é uma figura...

olha só!

Hoje, eu estava lavando a louça do almoço.

e,ele ali, em pézinho conversando comigo!

Daí...estavamos falando de amigos, amigas e, ele assim:

"mãe eu ja te falei que tenho uma namorada né..

ela é a Carolyne, do Rio..."

e eu "sim,filho, eu sei, voce me falou"...

"é,...mas eu nao posso ter mais uma namorada né mãe...

porque isso é coisa de "Bistituto"....

Morri de tanto rir e vontade de amassar aquela pessoinha linda,

fofa,pura, inocente,tão verdadeira...

E depois, estavamos assim, conversando e meu outro filho, Rafa, ligou.

O Ike atendeu o telefone e disse "to aqui,conversando com a mae e comendo bolacha"...

e eu fiquei pensando nessa resposta dele..

ele poderia ter dito...

"não to fazendo nada, Rafa"!

Mas não, entendi que pras crianças, conversar nao é fazer nada!

È conversar mesmo!

E comer uma bolacha tambem é alguma coisa seria!

Então, eu aprendo a cada minuto com meus filhos, e com todas as crianças deste mundo maravilhoso!

Amem as crianças, aprendam com elas,

riam com elas,

e deixem que as gargalhadas façam de voce,

pessoas mais felizes!